COTIDIANO

Educação e Conscientização da restrição alimentar para as crianças

4 de março de 2016

As crianças vão crescendo e não conseguimos colocá-las numa redoma (por mais que a gente queira às vezes), e nem é bom pra elas. É necessário que elas entendam sua restrição alimentar. Para ajudar neste momento, Ariela Bechara aborda esse tema tão necessário.

Foto: Babi Oliveira, fotógrafa das princesas da sua vida, crianças conscientes e felizes.

Educação e Conscientização da restrição alimentar para as crianças

Ariela Bechara

 

No momento em que “nasce” uma criança com alergia/restrição alimentar, (ou se preferir dizer no momento do diagnóstico positivo) também nascem pais capazes de desenvolver todo tipo de técnica para melhor adaptar seu filho; à rotina da escola e seu cardápio, aos passeios com os coleguinhas e as tão esperadas festinhas de aniversário!!!

Sempre preocupados em não excluir seus filhos do convívio social, mas ao mesmo tempo buscando receitas que também sejam “parecidas” com as que as demais crianças irão consumir, fazendo de tudo para q seus filhos não fiquem com vontade daquele alimento.

Lidar com as vontades das crianças é uma das maiores dificuldades que os pais enfrentam quando os filhos recebem o diagnóstico de alergia, embora seja muito difícil, mas se faz necessário encarar com naturalidade essas limitações. Até porque crianças podem ter outras vontades de alimentos que não são adequados a sua idade, e nesses casos também precisaremos dizer não e explicar os motivos.
Na alergia alimentar, é a mesma coisa. Devemos explicar sempre o porquê do não!

Desta forma, à medida em que a criança cresce e adquire mais consciência sobre si mesma, um trabalho de conscientização deve ser iniciado. Educando-a para que ela mesma aprenda a se proteger.

Para que esse processo seja emocionalmente saudável também é essencial que os pais não vitimizem seus filhos, como “coitadinhos” por não poderem ingerir todos os tipos de alimento, a criança precisa ouvir e assimilar comentários positivos sobre sua alimentação, até porque muitas crianças alérgicas seguem uma dieta muito mais saudável do que aquelas sem restrições alimentares!

Afinal cuidar da alimentação das crianças não é sempre uma tarefa fácil, tendo elas restrição alimentar ou não.  Os hábitos saudáveis inseridos na infância irão perpetuar para a vida toda, e farão a diferença na saúde dos nossos filhos, e isso com certeza é um denominador comum entre todos os pais!!!

You Might Also Like

1 Comment

  • Reply Educação e Conscientização da restrição alimentar para as crianças - 100 Traços 6 de dezembro de 2016 at 14:50

    […] site saborsemlimite.com.br por Ariela […]

  • Leave a Reply